sexta-feira, 23 de outubro de 2009

Imortal

Há tanto tempo que não vejo a tua cara! E a vida não parou por isso. Ouvi dizer que tudo está bem contigo. Custou tanto dizer adeus! Quando penso em ti ainda me sinto a fraquejar.
Por vezes, passo pelos sítios onde estivemos juntos. Precisavas e merecias muito mais do que eu te podia oferecer. Soubemos que o fim tinha chegado. Não valia a pena prolongar uma história que já estava morta. De vez em quando acordo a meio da noite a pensar em ti. A tua cara e a tua voz ainda me perturbam o sono.
Não te preocupes. Os corações partidos podem sempre curar-se.
Pode não parecer mas eu já fiz as pazes com toda a nossa história. Estou aberto a uma nova oportunidade. E tudo isto que te escrevo e que tu nunca lerás, não importa para nada pois tu pertences apenas ao passado. Não serás tu! Por mais que ainda me lembre do que sentia quando me tocavas, não serás tu!

6 comentários:

Kikas disse...

devaneios?? não, Icon. está mesmo sentido! e mesmo que digas que escreves o que não sentes, eu acho que aí bem no fundo há qualquer coisa :p

Icon disse...

kikas: a long long time ago in a galaxy far away...
ainda n estou preparado para falar dos interesses actuais... até pq n passam disso... interesses muito no ar!

Chocolate disse...

Tb acho que é sentido!!! ou mais do que isso...

bj

Icon disse...

Chocolate: lamento! embora se baseie em algo que aconteceu, já me libertei deste fantasma!
mas tens de me explicar, por favor, o mais que isso...
beijo

dyphia disse...

será mesmo q já te libertaste??? eu digo o mesmo todos os dias, mas na verdade sei q ainda estou muito longe de o conseguir...
mas desejo sinceramente q tu tenhas finalmente conseguido, pois assim posso acreditar q ainda ha esperança para mim.

beijinhos

Icon disse...

dyphia:
posso honestamente dizer que ficou qq coisa de mt especial mas que já não me causa ansiedade.
Sim, libertei-me! Sim, tu, mais tarde ou mais cedo, também o irás conseguir!

beijo