quarta-feira, 21 de outubro de 2009

higher

Quando estou contigo parece que a realidade em volta desaparece. O teu amor é como um vício que eu não consigo deixar. Sinto o fogo a correr pelas minhas veias e és tudo o que eu desejo. Tens em mim o efeito de uma droga! Preciso de ver-te todos os dias como se fosses uma dose. O teu corpo é o traficante e a tua paixão é o que me faz voar! ..mas não importa quanto me dás, nunca vai ser o suficiente. Quero sempre mais. Voar mais tempo. Voar mais alto!
Acordo na minha cama a gritar o teu nome só porque não estás ao meu lado.
Dás-me o teu amor e é mais do que eu aguento. Sinto o meu corpo a arder. Estou no céu. É a melhor das trips.
Mas depois acaba e vem a ressaca. Preciso de mais um xuto. Quero ter-te de novo e fico deitado na minha cama sem dormir. Injecto-te nos meus sonhos e sinto-te a dissolveres-te em mim. Mais uma trip de felicidade e depois tudo se desfaz, quando tu não estás.
Não passa de uma superstição de que eu me convenci! Não preciso de ti para voar.

(De vez em quando não consigo dormir e dá-me para escrever coisas que nada têm a ver comigo!)

3 comentários:

R disse...

Sou eu no meu canto a expulsar demonios e tu aqui a reuni-los!
:O

Chocolate disse...

Hummm...

Talvez seja a realidade de alguém!

K,

Icon disse...

R: apenas a escrever... não traduz o que se passa por aqui ;)

Chocolate: já foi a minha, em tempos...
beijo