terça-feira, 20 de janeiro de 2009

São as hormonas, estúpido!

Na mesma turma do 9º ano, aqui há uns tempos aconteceu uma situação a que achei piada.
O J. e a M., supostamente, detestam-se. Passam a vida a pegar-se. Tratam-se como cão e gato. No outro dia, finalmente percebi porquê.
Apanhei o J a mirar a M de alto a baixo, por várias vezes. Basicamente tirou-lhe as medidas todas. Ora, eu nem tenho muito a ver com isso mas, como foi durante a minha aula e eu queria que ele estivesse a passar o que estava no quadro, tive que lhe chamar a atenção.
- Oh J., vê lá se te caem os olhos!!!
O miúdo, que geralmente é um bocadinho para o mal-criado, não acata nada à primeira e tem sempre o que dizer, meteu a viola ao saco e quando os colegas lhe perguntavam o que se tinha passado, ele respondia:
- Nada! Não foi nada!
No fim da aula, lá deve ter recuperado a sua personalidade, porque veio ter comigo e perguntou:
- Oh professor, porque é que me disse aquilo há bocado?
- J., não preciso de te dizer. Tu percebeste muito bem.
- Oh stor, sabe como é... Ela é qué boa...
- É por isso que passas a vida a tratá-la mal... Vais longe!

1 comentário:

Elma disse...

Começam cedo com essa grande capacidade de sedução, LOL :D