sexta-feira, 25 de setembro de 2009

exercício

Não durou muito... mas não acabou! De alguma forma, tornamo-nos estranhos com vidas que não se misturam. Quando me sinto pronto a desistir, começo a ceder à tentação de ficar. Tenho vontade de te deixar mas sinto que podemos pegar em tudo o que correu mal e resolvê-lo... Vens tirar-me do meu canto mas depois tens medo de ficar. Quando me convenço que acabou, lá apareces de novo como um vendaval que agita o meu mundo. Tento segurar-te de todas as formas mas parece que nada faço direito.
É agora ou nunca! Ou me deixas entrar ou me deixas ir! Quando te vais aperceber que chegou o momento de pôr um fim a esta situação? Não deixes que se nos escape por entre as mãos!

9 comentários:

rute disse...

Irra que isso me soou mesmo familiar!

Kikas disse...

eu diria: se saires, sai de vez. não fiques pelo meio termo. aprender a fechar certas portas à chave. não estou a dizer agora, mas um dia.. talvez seja o melhor.

Sofizita disse...

E tu já sabes se queres ir ou entrar?

Icon disse...

rute: soou? não me digas que escrevi para ti? :p

kikas: por acaso é uma coisa em que sinto grandes dificuldades. é tomar uma decisão que leve a um fim definitivo. gosto de deixar sempre as portas entreabertas. e se eu quiser voltar?
mas sei que, às vezes, há portas que são para fechar para sempre, por nosso própria iniciativa. mas isto dava outro post...

Sofizita: isto foi apenas muito levemente inspirado em alguém. Essa questão não se põe!

profpardal disse...

Acho que todos passamos pelo mesmo.
Queres um conselho? Arrisca! Vai em frente! Corre para os braços dela. Dure o que durar, vai valer a pena!
Não tenhas medo.
Eu nunca desisti e hoje estamos juntos há mais de 10 anos e com uma filha linda! Já não conseguimos viver um sem o outro.

dyphia disse...

n vou comentar este texto porque eu vivi e ainda vivo isto na pele,por isso sei perfeitamente do q falas.

mas entretanto deixei um desafio no meu "cantinho das tralhas e afins" passa por lá.

Icon disse...

profpardal: não há nada para arriscar. foi escrito mesmo como exercício de escrita... pode ter sido levemente inspirado em algo que já aconteceu há bastante tempo, apenas...

dyphia: comenta à vontade! ;)
já vou ver o teu desafio.. :)

Ana Bárbara disse...

fico DOENTE

Icon disse...

Ana Bárbara: cuidado!! olha que pode ser a gripe A... suína... mexicana... pandémica... pronto, já n sei que lhe chamar! mas o H1N1 anda por aí...