terça-feira, 14 de outubro de 2008

De fugida

Depois de um fim de semana de trabalho, tive um daqueles dias em que apetece largar tudo. Uma daquelas aulas em que se fica com a sensação que estamos ali a mais...
Para quê tentar ensinar a quem n quer aprender? Para quê tentar educar quem nos trata como se fôssemos invisíveis? Turma-lixo... das piores que tive, tirando 2 ou 3... Espero conseguir agarrá-los mas com quase 4 semanas de aulas ainda n vejo melhorias...

Lá fui com uma amiga até uma esplanada à beira-mar... Uma (ex-)paixão daquelas antigas... É engraçado como estes sentimentos por vezes perduram... Hoje apetecia-me reviver velhos tempos mas lá tive que tirar o cavalinho da chuva...
Mas agora questiono-me... É o sentimento que perdura ou serei eu que n sei para onde me virar depois uns meses/anos atribulados?

Tenho de ver se me centro. O trabalho tem-me mantido ocupado e felizmente não tenho tido grande tempo para me desgraçar pq a minha vontade tem andado com ganas de se expandir!

2 comentários:

Tiago disse...

"É o sentimento que perdura ou serei eu que n sei para onde me virar depois uns meses/anos atribulados?"

Nem mais. ;)

Icon disse...

lol
Ainda bem que foste esclarecedor! :s
Hoje já vou conseguir dormir!!! :D